domingo, 21 de novembro de 2010

Da queda à cirurgia.

Assim que chegamos
Mais conformado e com o amigo Júlio.

Prepardo para a cirurgia
Depois de algumas horas da cirurgia
Após a cirurgia e tomando um pouquinho de suco
Já estava cansado desse bendito varal.
Mas nada como quatro mãozinhas juntas.
Se preparando para voltar para casa

Os pais mortos e o filho querendo ir logo embora.

Na sexta feira enquanto eu terminava de arrumar e organizar a casa, o Nícolas e o pai foram brincar no SESC ( o que já virou rotina na vida dos dois). Depois de quase duas hora, o Marcelo me liga dizendo que o Nícolas havia caído de um brinquedo e eu logo imagino ...quebrou os dentes, abriu a cabeça ou qualquer coisa assim, mas o papai me tranquilizou dizendo que foi uma queda leve do 1º degrau da escada no escorregador e que ele havia machucado o braço. Pronto, larguei a casa no final da faxina, peguei o carro e quando lá cheguei está o pai mais triste que o filho e fomos até o hospital.Sempre o levo até o Pronto Socorro, mas naquele dia, optamos por levá-lo ao Hospital e consultarmos um ortopedista.
Pensei... agora vai colocar um belo de um gesso rsrsr.
Quando o médico olhou o braço esquerdo do meu filho, já disse "ele quebrou o braço" e eu com cara de espanto pergunto COMO? Mãe é só você observar que o bracinho dele está torto - realmente havia criado uma "barriga", Fomos fazer o Raio-X, mas algo me dizia que a notícia não seria muito boa, pois o médico começou a se movimentar. Quando saímos do Raio X, veio a notícia..Mãe ele quebrou o Rádio muito próximo ao pulso e o caso é cirúrgico. Me bateu um desespero e não contive as lágrimas, e o médico continuou então vamos operá-lo amanhã as 8:00 tudo bem???
Tudo bem, como tudo bem, não havia entendido nada, então com muita calma ele me explicou que nesses casos, quando há uma quebra e o osso se desloca é necessária a cirurgia ou uma "manobra" para colocar o osso no lugar. Ele disse que tentaria a manobra, mas que não acreditava no sucesso, pois ele só quebrou um dos ossos (quando se quebra os dois, por incrível que pareça é mais fácil). Então sem ter muitas escolhas internamos o pequeno e ligamos para o nosso sobrinho pedindo uma outra avaliação. Nosso amado Tarcísio chegou junto com a Pri, logo localizou um amigo que é chefe no setor de ortopedia de um outro hospital e eles me tranquilizaram dizendo que seria uma cirurgia bem simples, lógico que sabemos que existe riscos, mas pequenos.
Colocaram uma tala no pequeno e o internamos.
No sábado às 08:00 vieram buscar o meu filho, me senti impotente e pensando no que poderia acontecer, sempre com muita fé e pedindo a Deus que o protegesse, mas foi muito difícil...
Resumindo a cirurgia que deveria durar cerca de 30 minutos, durou 1h e meia e o meu pequeno ganhou dois fios no braço esquerdo, além que uma bela luva que ficará como companhia.
Assim que ele saiu do Centro Cirúrgico, pude ficar com ele, mas foi uma das cenas mais difíceis que presenciei (entreguei meu filho sorridente, acordado e acreditando que aquela camisola azul era a mais linda do mundo e o encontrei dormindo com os olhos entreabertos, babando e muito pálido), tentei ficar calma, mas chorei muito, então os médicos me explicaram que esse quadro era previsto e ele estava assim por conta da anestesia geral que ele havia tomado, mas que a cirurgia havia sido bem sucedida sem nenhum imprevisto e que infelizmente não conseguiram fazer a manobra desejada, então fizeram uma incisão . Além de tudo o Nícolas já terá uma cicatriz aos 2 anos e 7 meses (completados hoje). Não me incomodo com a marca, mas é difícil...
Passamos o dia por lá, aconteceram alguns imprevistos, mas acho que ainda não consigo falar e acabamos de ter alta e estamos em casa, eu e o pai "acabados" e ele todo feliz com o gesso e a tipóia. Na terça iremos até a clínica da equipe médica e faremos uma nova avaliação.
Por enquanto tudo dentro no normal, mas o médico já avisou que escola só no próximo ano e é incrível que o pequeno amou a notícia e falava a todo momento Escola, não só em casa com mamãe e papai.
Bem por enquanto é só!!!!!!

7 comentários:

Luna disse...

Que susto amiga! Imagino a usa aflição, mas graças a Deus ele está bom, e até encontrou uma alegria nesse epsódio: ficar em casa com o papai e com a mamãe! rs
Nicolas, melhore logo!

Adriana disse...

Fiquei com lágrima nos olhos imaginando o que vcs passaram. Melhoras rapidinhas pra ele!!

bj e boa semana

Andrea disse...

Maezinha,
Que aflição! nessas horas bate uma sensação de impotência, de frustração, sabemos que doi muito mais em nós do que em nossos pequenos. Melhoras para o seu gatinho e força aí para você !
E quanto ao Sesc, nós também costumamos ir lá, quem sabe uma hora a gente não se encontra, hein!
beijos e boa sorte.

Valquíria disse...

Oi Gisele!Posso imaginar o sofrimento do Nicolas e o de vocês, meu filho foi atacado no rosto por uma cadela de casa e ficou com as marcas e eu vivo torcendo para que desapareça ainda mais no rosto, né a sorte que não foi tão grave assim, não precisou de pontos mas era fundo os cortes feito pelos dentes da cadela?Esse negócio de hospital me dá uma aflição meu Deus imagina só com filho nosso, né?Que seu pequeno principe se recupe o quanto antes e que fique bem!beijocas
Val e Gui

Beth Lucchesi disse...

Oi Gi,

Nossa, fiquei com o coração partido ao ler seu relato!
Fiquei também imaginando a aflição do Nícolas e de vocês, papais, mas ainda bem que ele já está bem ( na medida do possivel) e o pior já passou.

Beijos com carinho,

Beth
(mãe da Giovana e avó do Lucca)

Euzinha disse...

Ahhhhhhhh florzinha, imagino a dor q vc sentiu, não posso nem me imaginar em uma situação dessas, que triste, mas graças a Deus ele está bem.
Que Deus possa t dar forças pra segurar a onda, pq daqui uns dias ele vai enjoar dessa tipóia ssrrsrsrs
Que Papai do céu t abençoe.
(Abençoe o papai e o filhote tb)

disse...

Nossa Gi, que susto!!!
Meninos...uma energia que só...rsrsr
O Gabriel vive pulando, escalando, não sabe caminhar só correr, vivo com coração na mão. Mas não adianta quando é para acontecer pode ser um simples tombo e se machucar. Mas logo logo o pequeno estara bem novamente...
Boa recuperação para o Nicolas!
bjosss